Descrição Geral do Projeto

O empreendedorismo é uma competência essencial não só para a obtenção de emprego, mas também para o crescimento e realização pessoal. O empreendedorismo e o comportamento empreendedor são objetivos importantes para as políticas de educação e aprendizagem ao longo da vida na UE. Tendo em conta esta importância, no relatório final do grupo de peritos da CE (2009), empreendedorismo está incluído nos currículos nacionais para o ensino profissional na maioria dos países europeus. Além disso, alguns países relatam que entre 90% e 100% dos alunos de educação profissional participam em programas de empreendedorismo em pelo menos um momento durante o seu percurso de formação profissional.

Neste sentido, apesar dos cursos de EFP na Letónia, Lituânia, Portugal e Turquia terem módulos de empreendedorismo definidos no âmbito dos seus catálogos de qualificações nacionais, estes não são obrigatórios na maioria dos casos, criando assim uma necessidade de recursos empreendedores e um aumento destas competências.

Os estudos revelam as seguintes lacunas: o empreendedorismo não está incluído em todas as partes do sistema de EFP, os métodos de ensino são ineficazes, o elemento prático do empreendedorismo está ausente e o empreendedorismo não está ligado a uma formação específica, etc.

Principais alterações:

  • Contribuir para a avaliação e validação da competência de empreendedorismo através da tradução das descrições em quadros de resultados de aprendizagem que serão complementados com ferramentas adequadas relativamente à avaliação diagnóstica, formativa e sumativa e validação em níveis adequados (sistema de referência LEVEL5 -BLINC EG, parceiro da Alemanha);
  • Empregar metodologias avançadas de aprendizagem, incluindo a aprendizagem baseada em jogos, procurando aumentar a motivação e o envolvimento da aprendizagem (NTU, parceiro do Reino Unido);
  • Orientar a equipa formativa através de ferramentas e materiais apropriados para aprimorar o ensino e a aprendizagem (parceiros VU, IMOTEC da Lituânia);
  • Aplicar design participativo – envolver ativamente todos os interessados (professores, alunos, tutores, etc.) no processo de design para garantir que o resultado atende às necessidades e seja utilizável (4 escolas de EFP parceiras – LT, PT, LV, TR).

Grupo-alvo

220 participantes

Diretos:

  • 160 Formandos de EFP
  • 60 Formadores/ Professores que participarão em atividades de aprendizagem

O envolvimento destes grupos no projeto ajudará a desenvolver competências na área do empreendedorismo, direta ou indiretamente, e a desenvolver o seu potencial a partir da perspetiva da aprendizagem ao longo da vida.


Objetivos

Objetivo Específico:
O principal objetivo do projeto é promover o desenvolvimento e a validação de competências empresariais em formandos de EFP em situações práticas e fomentar as competências de formação de empreendedorismo em professores/formadores de EFP e/ou orientadores/tutores de estágio.

Objetivos Gerais:

  • Preparar uma metodologia para a avaliação do desenvolvimento das competências de empreendedorismo para os formandos do ensino e formação profissionais, com base na abordagem do Level5, que será igualmente acessível on-line;
  • Criar um curso de formação inovador, baseado na gamificação, para apoiar os formadores de EFP na conceção dos seus próprios currículos com módulos integrados de empreendedorismo;
  • Criar um Manual direcionado a Orientadores/Tutores baseado em scripts de vídeos interativos que expliquem a lógica do curso voltado para o empreendedorismo.

Parceria
  • Coordenador do Projeto: Vilnius Tourism and Commerce School (LT)
  • BLINC EG_ Blended Learning Institutions Cooperative (DE)
  • EPRALIMA_Escola Profissional do Alto Lima, C.I.P.R.L. (PT)
  • IMOTEC_Institute of Mobile Technologies for Education and Culture (LT)
  • The Nottingham Trent University (UK)
  • Vilnius University (LT)
  • VSIA_Rīgas Tūrisma un radošās industrijas tehnikums (LV)
  • Zeynep Mehmet Dönmez Mesleki ve Teknik Anadolu Lisesi (TR)

Mais Informações

Privacy Preference Center