EURnation

Programa/Medida   
Erasmus +
KA1 - Learning Mobility of Individuals (Educação e Formação Profissional)

Nome/Nº Projeto     
EURnation - Broadending Horizons through Mobility
N.º 2015-1-PT01-KA102-012745

Entidade Coordenadora   
Epralima - Escola Profissional do Alto Lima, C.I.P.R.L.          

Período de Im+plementação
01-06-2015 a 30/05/2017  (24 meses)

Descrição Geral do Projeto
Contexto

O presente projeto é orientado para colmatar várias lacunas identificadas pela Epralima e os membros do consórcio EURnation (ACIAB, ADERE-PG, Associação Social Recreativa Vila Fonche, EPATV e Fun Languages): competências técnicas, profissionais, linguísticas e transversais, com vista à melhoria da qualificação/empregabilidade de 3 grupos-alvo com 3 atividades fundamentais:

  1. Mobilidade de 65 formandos do EFP para realizar estágios profissionais (EP) em empresas;
  2. Mobilidade de 12 formandos recém-graduados do EFP para realizar EP em empresas;
  3. Mobilidade de 53 participantes staff para realizar formação em organizações que trabalham direta/indiretamente com EFP.

As atividades dos FPI, recém-graduados e staff serão organizadas em 3 etapas, distribuídas por vários fluxos durante os 24 meses do projeto tendo em conta os seguintes países: Alemanha, Espanha, Itália, Lituânia, Malta, Polónia e Roménia.

Os formandos em FPI/recém-graduados realizarão EP com a duração de 4 ou de 8 semanas, respetivamente. Estes EP devem ser direcionados para o desenvolvimento, aperfeiçoamento e colocação em prática de competências técnicas das respetivas áreas profissionais: auxiliares de saúde, design de moda, eletrónica/automação, energias renováveis, marketing/publicidade, organização de eventos, restauração, serviços jurídicos, TIC (desenho digital 3D), e vendas.

Os objetivos da mobilidade dos formandos em FPI e recém-graduados são:

  1. Adquirir e/ou aperfeiçoar os conhecimentos técnicos na área de formação;
  2. Melhorar a qualidade do perfil profissional, através da aplicação de novas técnicas de trabalho relacionadas com a área profissional, aumentando desta forma perspetivas de empregabilidade;
  3. Adotar uma postura mais polivalente, autónoma/confiança relativamente à área profissional, através da exposição a novos contextos e situações;
  4. Gerir o tempo com o intuito de concretizar objetivos;
  5. Aplicar os conhecimentos teóricos obtidos até à data da mobilidade, melhorando a predisposição para o processo de ensino-aprendizagem;
  6. Aumentar as competências transversais, sobretudo o saber-estar, trabalho em grupo, cooperação/adaptação a ambientes multiculturais;
  7. Adotar uma postura mais flexível/tolerante através do respeito pelos valores, crenças e opiniões diferentes devido à sua exposição a culturas diferentes;
  8. Aumentar os conhecimentos linguísticos da língua Inglesa, especialmente as dimensões: compreensão oral, interação oral e produção oral;
  9. Adquirir uma visão mais transparente no que diz respeito à sua posição enquanto cidadão da UE.

A mobilidade staff consistirá numa troca de saberes/experiências no âmbito de projetos de mobilidade, sistemas de avaliação de aprendizagens, e a realização de uma série de workshops de trabalho para a elaboração de um projeto-piloto no âmbito da cooperação para o desenvolvimento.

Considerando que este projeto tem 1 carácter transversal e multidisciplinar, não é obrigatório que os participantes sejam de áreas científicas específicas e como o projeto não estabelece 1 nível académico específico, é possível também contar com a participação de alguns colaboradores com nível escolar não superior.

Os objetivos específicos da mobilidade staff são:

  • Adquirir/desenvolver competências transversais: interculturalismo, abertura à mudança, iniciativa, tolerância, respeito mútuo, empatia, espírito de solidariedade, etc., assim como práticas educativas inovadoras que surgem a partir de uma exposição a diferentes indivíduos, realidades e culturas;
  • Conhecer as realidades dos países de acolhimento em matéria de políticas que incentivam a cooperação para o desenvolvimento, e verificar se estes programas promovem a aprendizagem ao longo da vida, divulguem boas práticas e promovem a solidariedade, a fim de promover a inclusão e integração de indivíduos de diferentes estratos sociais e etários;
  • Promover o intercâmbio de experiências, a fim de melhorar as competências dos participantes através da sua sensibilização quanto aos programas de cooperação para o desenvolvimento que surgem mediante uma sociedade desigual e incentivar ações de aprendizagem e solidariedade através de um projeto-piloto em parceria com instituições locais, que promovem uma ligação entre a escola e a comunidade, antes e depois da experiência de mobilidade;
  • Desenvolver e melhorar as competências linguísticas, especialmente em relação à língua Inglesa;
  • Promover a apetência para a ALV.

Competências transversais a desenvolver por todos os grupos-alvo:

  • Competências linguísticas (língua inglesa e língua materna do país de destino em alguns casos);
  • Competências sociais/cívicas/interculturais e de respeito pela dignidade, liberdade, democracia, igualdade, pluralismo, não discriminação, tolerância e compreensão das diferenças;
  • Competências de comunicação oral/comunicação à distância;
  • Autonomia, espírito de iniciativa, dinamismo, abertura à mudança, trabalho em equipa;
  • Competências relacionadas com o espírito criativo/capacidade empreendedora.

Grupos-alvo:

  • 65 formandos em FPI;
  • 12 recém-graduados da FP;
  • 53 participantes staff

Atividades:

  • 65 mobilidades para participantes FPI (30 dias + 2 dias de viagem = 32 dias);
  • 12 mobilidades  para participantes recém-diplomados (60 dias + 2 dias de viagem = 62 dias);
  • 53 mobilidades  para participantes staff (8 dias + 2 dias de viagem = 10 dias);
  • 8 a 16 mobilidades para acompanhantes (6 dias + 2 dias de viagem = 8 dias).

Parceria:
Consórcio Nacional:

  • Associação de Desenvolvimento das Regiões do Parque Nacional da Peneda Gerês (ADERE-PG);
  • Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca (ACIAB);
  • Associação Social Recreativa Juventude de Vila Fonche/Juventude;
  • Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV);
  • KERIGA – Instituto de Inovação e Desenvolvimento Social de Barcelos;
  • Ana Barros Pimentel, Unipessoal Lda. (Fun Languages the Kids Club). 

 Consórcio Internacional:

  • Dual Smart (Brasov - Roménia);
  • EGInA Srls (Foligno - Itália);
  • Futurum (Jędrzejów - Polónia);
  • Incoma (Sevilha - Espanha);
  • International Academy (Puerto de la Cruz - Tenerife);
  • Paragon Europe (Mosta - Malta);
  • Stephanssitift (Hannover - Alemanha);
  • Vilnius Tourism and Commerce School (Vilnius - Lituânia).

Online

We have 70 guests and 2 members online

  • 30126
  • 10037

Registo | Documentação

O acesso à documentação é feito através do pin e password.

Efetue login para aceder à documentação